Textos - Medo na Infância

INFÂNCIA

Medo na Infância

O medo na infância faz parte do processo de desenvolvimento e varia conforme a idade da criança.

No início da vida, estímulos fortes de luz, som e movimento assustam o bebê que ainda não está acostumado com isto.

Mais tarde sua tolerância a estas sensações aumenta e às vezes o que antes lhe gerava medo nesta fase pode lhe suscitar risos. Com 8 meses quando começa a perceber o mundo ao seu redor surge o medo de pessoas estranhas. Com 2 anos o medo de ser abandonado pelos pais.

Por volta dos 3 anos é quando a imaginação da criança se torna mais rica e o medo ganha conteúdo abstrato. O medo do escuro passa a estar associado a fantasmas e monstros das histórias infantis. São medos naturais que fazem parte do desenvolvimento. Não é recomendado evitar situações que causam medo quando estas não impõem perigo à criança. O melhor é estimulá-la a enfrentar.

Porém muitos medos das crianças podem ser captados da reação dos pais.

O medo normal do desenvolvimento passa a ser problema quando é persistente e passa a atrapalhar significativamente a vida da criança e a vida familiar.

Rosângela Martins
Psicóloga
CRP 07/05917






Localização do Consultório:
Psicóloga no Centro Histórico de Porto Alegre:
Rua Gen. Andrade Neves, 155 conj. 63 – Centro - Porto Alegre - Telefones: (51) 3225.1171 e (51) 98337.4242
Psicóloga Adolescentes e Adultos

Atendimento de segunda à sábado
rosangelamartinspsicologa@gmail.com