Textos - Profissão: A Dificuldade para Escolher

ADOLESCENCIA

Profissão: A Dificuldade para Escolher

Escolher uma profissão para alguns pode ser fácil, mas para outros nem tanto.

Existem alguns motivos importantes que podem influenciar na capacidade do jovem de fazer sua escolha profissional e que podem para alguns ser apenas um desafio enquanto que para outros pode ser um obstáculo.

As inúmeras opções de profissões onde algumas delas ainda pouco conhecidas e outras ameaçadas de extinção, geram muitas vezes uma dificuldade para discriminar que caminho profissionalseguir. Para os jovens em alguns casos esta necessidade de diferenciação entre as profissões e de sua afinidade com elas se tornam complexo.

As profissões podem ser escolhidas considerando as possibilidades de sucesso ou fracasso profissional e financeiro. Ainda se ela vai exigir mais ou menos estudos tornando-a mais fácil ou mais difícil. No entanto tais requisitos ficam muito distante de uma identificação profissional madura.

Alguns jovens tem idéias fantasiosas sobre as profissões, o que retrata um não amadurecimento emocional para a escolha.

Porém é importante entender que não só estes aspectos dificultam a escolha gerando confusão. Existe ainda um outro aspecto que esta ligado a capacidade que o jovem tem de se sentir o suficientemente individualizado,identificando seus desejos e assim tendo maior capacidade de diferenciar as profissões em que melhor se reconheça.

Quando constatado no jovem esta dificuldade, a psicoterapia se torna uma prioridade com o objetivo de trabalhar questões ligadas ao reconhecimento e identificação de si e da forma como os vínculos são estabelecidos, ajudando-o neste processo de discriminar seu mundo interno do externo. É necessário a elaboração de conflitos que estejam influenciando e dificultando seu desenvolvimento. A possibilidade de identificar gostos, interesses, características próprias, fazem parte de um amadurecimento. A psicoterapia propicia um espaço de fala ao jovem, que a medida que se conhece melhor, consegue unir seus interesses com as oportunidades exteriores em um balanço mais harmônico.

O importante é poder considerar estes conflitos e não negá-los,pois se presente, podem vir a gerar problemas mais tarde.

O processo de escolhas começa bem cedo na vida. É importante que os pais abram espaço e desenvolvam em seus filhos a capacidade de preferência em pequenas coisas como: o que gosta mais de comer, o que vestir, o que gosta mais de fazer , quais as brincadeiras que mais prefere, gostos que a criança pode identificar e escolher, considerando e respeitando o processo de desenvolvimento infantil.

Rosângela Martins
Psicóloga
CRP 07/05917






Localização do Consultório:
Psicóloga no Centro Histórico de Porto Alegre:
Rua Gen. Andrade Neves, 155 conj. 63 – Centro - Porto Alegre - Telefones: (51) 3225.1171 e (51) 98337.4242
Psicóloga Adolescentes e Adultos

Atendimento de segunda à sábado
rosangelamartinspsicologa@gmail.com